Sobre portas, janelas e despedidas

Último dia no Kibbutz Lotan.

Era pra ter sido ontem, mas por algum motivo não consegui ir embora. Queria devidamente dizer “até breve” (espero) para os mais próximos, mas estavam todos imersos num projeto que precisava ser entregue hoje e não podiam comemorar meu bota-fora. (Desculpa pelo português meia-bomba… estou precisando da ajuda do Google Translator para algumas palavras que já esqueci na minha própria língua e só me lembro em inglês. Que vergonha!)

Enfim, adiei minha ida a Tel Aviv para amanhã. E hoje é oficialmente meu último dia como voluntária aqui no Lotan. Como é difícil me despedir… Como me apeguei a pessoas em tão pouco tempo. 3 semanas parecem 3 meses. Escovo os dentes, trabalho, almoço, escuto música, converso, gargalho, cozinho, discuto, troco, janto, durmo com essas mesmas pessoas. Pessoas tão diferentes, que me ensinaram tanto.

Uma é americana, tem seus 50 anos e largou emprego e filha na França para decidir o que fazer com sua vida. Está há 6 meses rodando o mundo, se voluntariando para trabalhar com animais selvagens e permacultura. Essa é sua última parada. Ela volta pra casa agora, com a certeza de que vai se mudar pra Israel.

Outra é uma arquiteta sul-africana que mora na Austrália. Tem a minha idade e largou o melhor emprego da cidade porque não conseguia sentir-se feliz projetando mansões incríveis sem qualquer cuidado com o meio-ambiente. Está no Lotan há 3 meses, estudando no Green Apprenticeship. Na semana passada, acabou o – supostamente perfeito -namoro de 5 anos por Skype. Precisava se sentir livre para tomar suas decisões sem pensar em mais ninguém.

Um terceiro é inglês, estudou numa Yeshiva (um colégio interno religioso judaico), só com homens, durante sua adolescência. Nasceu numa família ortodoxa, mas não se sentia completo. Se mudou pra Israel para encontrar sua própria espiritualidade e agora estuda a cura espiritual do corpo físico, num método incrível (fui sua cobaia essa semana, inenarrável!) chamado Body Electronics.

Parece familiar? É, muito familiar. “Story of my life”, diriam os (muitos) americanos que moram aqui. Me vejo em cada um deles, me espelho e me identifico. Admiro seu caminho e, consequentemente, admiro meu próprio caminho. Junto um pedaço de um aqui, um pedaço de outro ali e me construo. Então a sensação de me despedir deles é me despedir também de uma identificação, me despedir de mim mesma. Talvez por isso eu tenha tanta dificuldade em dizer tchau, no geral. Porque me vejo pelos olhos dos outros. E ao dizer tchau pros outros, digo tchau pro olhar que eles têm de mim. Quando gosto da maneira com que as pessoas me enxergam, é duro me desapegar dessa imagem.

Não só isso. Essa trip não é pra ser uma egotrip.Pelo contrário, é uma viagem pra me distanciar do meu ego, pra me aproximar da minha essência. E essas pessoas acolheram minha essência.E isso me faz feliz. Saber que sou (muito bem) aceita sem pré-condições.

E, á medida em que me aproximo de mim mesma, me aproximo mais e mais das pessoas corretas, que muito terão a me acrescentar e a me tocar. Então, apesar de triste, estou também feliz. Hora de conquistar novos lugares, novas pessoas, novas maneiras de ver o mundo.

A cada janela fechada, uma porta aberta. Ou melhor, não estou fechando janelas, estou só abrindo mais e mais portas.

Sim, pai. É a porta do coração de amor!

Esse post foi publicado em na cabeça, no coração e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Sobre portas, janelas e despedidas

  1. leticia binenbojm disse:

    Muito especial Carol, boa sorte na sua caminhada, estamos te acompanhando por aqui. Beijos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s