Free as a feather. With my heart inside you.

Na tentativa de pegar carona para chegar a Jerusalém na semana passada, acabei no carro de uma figura muito especial.

Ele abre a porta do carro. Uns 40 anos, calça xadrez crua, regata branca surrada, cueca vermelha aparecendo, all-star verde. Cabelo bem cortado, óculos escuros estilo John Lennon versão 2.0. O carro está uma bagunça. Tira tudo o que está ocupando o banco do carona e joga na mala para dar espaço pra 3 mulheres. No banco de trás, uma cadeirinha de criança.

Papo vai, papo vem, ele inicia seu monólogo. Israelense, depois de 10 anos morando na Inglaterra, teve um filho com uma compatriota que conheceu por lá. Sua idéia era se mudar pra Espanha com mulher e criança, mas ela queria ficar perto dos pais e vieram os 3 pra Israel, morar no Kibbutz Ein Gedi, um oásis no meio do deserto israelense.

Ao ouvir que ele abrira mão de ir pra Espanha, nós 3 esboçamos sons de desapontamento. Ele percebeu e começou a aula sobre a vida.
“Tenho muita sorte. Minha mulher é uma companheira maravilhosa. Meu filho é uma benção. Moro num lugar incrivelmente lindo, acordo todos os dias com um visual estonteante. Sabe, a vida é uma questão de como você deseja vê-la. Se quiser enxergar somente números, ela será, na minha opinião, numeralmente chata. Se decidir enxergá-la como férias ininterruptas, assim ela será. Seu trabalho, seu casamento e sua cidade serão percebidos como espaços que você tira férias. Simples assim.”

Nós 3 ficamos mudas, querendo mais. Mas ele também emudece. Como se nos desse um momento para refletir. Estou refletindo até agora.

Será que ele é realmente sortudo? Não. Ele decidiu que sua vida seria recheada de bênçãos. É assim que ele enxerga tudo a sua volta e, dessa maneira, mais e mais presentes do universo vêm até ele. Effortlessly.

A conversa continuou. Ele passou um tempo falando sobre sua profissão. É um balloon artist, daqueles que animam festa de criança. Nos deu seu cartão. Esperávamos cachorrinhos, espadas e coroas feitas de balões. Ele faz motocicletas e carros em tamanho real.

Aos poucos, o foco passa a ser seu casamento. Felizmente, encontrou uma mulher nômade como ele. Alguém que aceita sua liberdade, que alimenta sua suposta loucura. Rodam o mundo, assentam quando julgam necessário, onde julgam necessário. E planejam seguir viagem depois que a criança completar 3 anos. Quando preciso, viajam separadamente, cada qual na sua vivência, e depois encontram-se num novo lugar. Respeitam a ânsia por liberdade, estimam sua individualidade, sabem que serão melhores juntos se cada um deles estiver no seu melhor individualmente. E sabem que, na sua relação, isso pode significar ficar um tempo separados, descobrindo-se e crescendo. E voltam a ficar juntos, mais fortes e unidos do que antes.

Não sei se funciona tão perfeitamente assim, mas é uma boa maneira de se pensar uma relação. You are free as a feather, carrying my heart inside you.

Esse post foi publicado em no coração e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Free as a feather. With my heart inside you.

  1. Dani disse:

    Acredito nisso e venho vivenciado isso intensamente. Meu coração pulsa para este caminho!!! Que sincrônico ler seus incríveis insights e os meus bem sintonizados. Tempos de magia, de tranformação! Aho amiga!

  2. Bebel Clark disse:

    Que máximo sua jornada rumo à liberdade e ao auto-conhecimento, querida! E que beleza esse exemplo de amor e confiança que esse cara deu a vocês (e agora, a mim). Gratidão pela bela mensagem. Isso sim é um relacionamento verdadeiro e saudável. Tô em busca dele.

  3. Tai disse:

    Tava precisando ler algo como esse seu texto. Estou tendo dificuldades para enxergar algumas coisas.
    É preciso abrir os olhos e o coração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s