Abre o coração larg(a)mente, Iaci está chegando!

Há 344 dias, no reveillon do ano passado, eu decidi que viria pra Bali. 2010 foi um ano de transição muito forte pra mim (ainda devo a vocês a história “o que aconteceu comigo pra resolver largar tudo e vir pro outro lado do mundo…”). Um ano que culminou numa viagem de ano novo encantada. Viajei com 3 pessoas que conhecia e seis que nunca tinha visto na vida. Todos os  nove aglomerados numa casa de pescador que cabiam seis na Ilha do Cardoso, litoral sul de São Paulo, na divisa com o Paraná. Foram dias lindos, essenciais pra minha decisão de saída do Brasil (cenas de um próximo post também).

Foi na virada (se não me falha a memória), que fiz uma promessa: passar o réveillon do ano seguinte com um dos seres de luz que me acompanharam nesses dias em um lugar deserto: Iaci, uma personagens importante do ano passado. A conheci em agosto e em dezembro já era uma amiga irmã, daquelas que a gente sabe que conheceu por um plano divino muito bem arquitetado. Ela também tinha planos de sair do país e existia a possibilidade de desvendarmos os mistérios asiáticos juntas, daí a promessa de virarmos 2012 uma ao lado da outra, não importava em que canto do mundo.

Depois de trocarmos muitas informações sobre como viajar e buscar a sustentabilidade – foi ela quem me deu a dica do WWOOF – Iaci entrou num processo profissional intenso que a impossibilitou de jogar tudo pro alto. Achamos que nossa promessa havia ido por água abaixo. Mas o Universo escreve certo, por linhas tortas.

Quando ela me disse que estava planejando vir pra Ásia no fim do ano, eu não levei muita fé. Não podia me apegar à idéia de ter alguém tão especial pra mim ao meu lado. E a Iá ás vezes se enrola… Vai que não rolava? Não levei fé nem quando ela comprou a passagem… nem quando começamos a trocar e-mails sobre planos de viagem… nem quando numa das muitas conversas virtuais ela trouxe lindamente o assunto: “você tem certeza que me quer no seu espaço? Posso alugar um quarto do hotel.” Iá, você é daquelas pessoas com as quais eu não tenho papas na língua. Nosso papo é reto, vai ficar na minha casa sim, sem discussão, e se uma encher o saco da outra, a gente conversa e vê como fica…

Sempre soube que a vinda dela faria parte do meu processo de crescimento. Somos muito parecidas, ás vezes o espelho uma da outra. É importante pra mim nesse momento lidar com alguém que amo, mas que discuto muito. Somos duas mulheres muito fortes e batemos de frente, tão de frente que nossos olhos se encontram e, num piscar deles, sabemos que é hora de um abraço e de uma gargalhada. Serão então momentos de praticar compaixão e não-julgamento, algo essencial antes de voltar pra casa. Além disso, nas últimas semanas tenho sentido muitas saudades da minha vida no Brasil e bate uma sensação que o ciclo já se finalizou. Sua chegada vem como um novo período, uma nova possibilidade de auto-descoberta.

De novo, eu me levo a sério, muito a sério: interpreto a vinda de uma pessoa tão especial como parte de um processo. Vai pra porr*, processo! Iaci tá vindo…  Nada além de felicidade, pura felicidade.

Agorinha mesmo, lembrando todos os momentos de irmandade que tivemos juntas, percebi que estava intelectualizando sua chegada, que será em 5 dias. Larga a mente e abre o coração largamente, Carolina. A promessa do ano passado será cumprida e vocês celebrarão juntas todas as experiências de um ano essencial na vida das duas. Receberão o promissor ano de 2012 gargalhando, olhando nos olhos uma da outra.

Explodo de felicidade, Iáiá! Que continuemos fazendo promessas seguindo nossa intuição. O Universo dá um jeito de cumpri-las. Que Bali te receba tão bem quanto me recebeu e que tenhamos momentos de coração aberto largamente. Mergulhos no mar com nossos Avatares, momentos silenciosos observando a natureza mágica, horas de conversas reveladoras, contato e improvisação nas areias, meditações cheias de clareza, fotos e mais fotos pra todas as amoras babarem no Rio, excesso de bobeira e, acima de tudo, felicidade, muita felicidade!

Esse post foi publicado em no coração e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Abre o coração larg(a)mente, Iaci está chegando!

  1. Iaci disse:

    me matou de chorar!! meu amor, estou animadíssima, sinto sua presença já em mim!!!!! como se as 39 horas no avião fossem minutos, louca para chegar e vivenciar as maravilhas que nos esperam!!!te amo muito!!! ebaaaa

  2. Camilla Cardoso disse:

    até eu chorei!!!!! suas lindas! amo demais e admiro a amizade. vai ser lindo! pra todos os lados! beijos

  3. Iaci Lomonaco disse:

    amiga, to chegando!!! corrigindo: a promessa foi no seu aniver!!!! corrigindo 2: nos nos conhecemos em nov de 2009, aniver da dani em casa.. hahahahahah brincadeiraaaaaaa!!! olha so, empacotando, uhuuuu ate breve mando noticias do caminho amo bj

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s