She´s got a ticket to ride

Aaaah!!!! Passagem de volta comprada. Em casa em menos de 2 meses. Esse é um dos momentos que muitos me colocaram terror: “a hora em que você sabe a data que volta é muito ruim. Começa a contagem regressiva para voltar pra velha vida, pros velhos hábitos, pras velhas pessoas.” Esse é um dos muitos momentos em que a previsão alheia foi pessimista se comparada a como eu estou encarando as coisas. Estou feliz, muito feliz!

Feliz de voltar pra nova vida. Mesmo que sejam velhos amigos, velhos lugares e velhos hábitos, são novas maneiras de olhar pra velha vida. E se tem uma coisa que aprendi nesses exatos 8 meses fora é que meu olhar determina como é minha vida. Do que tenho saudade? Das coisas que achei que não teria: restaurantes sem sal, programas repetidos, ficar em casa no sábado a noite vendo DVD.

O que mais me anima é a certeza irracional de que tudo vai dar certo: planos de casa, carreira e rotina. Sei que vai dar certo, assim como sabia que a Green School e o Kibbutz Lotan iriam rolar. E rolaram. Outro aprendizado da viagem: quando a gente tem desejos guiados pelo coração, sente um calorzinho que não dá pra explicar. Uma sensação que nos garante que estamos no caminho certo e que a co-criação do que queremos pra nós funciona de fato. E a materialização de tudo aquilo que pensamos acontece diante de nossos olhos, feito mágica.

 

O desafio agora é permanecer no presente, apesar da animação que bate ao pensar em todos os projetos que quero começar ao voltar. Ainda tenho coisas pra cumprir aqui. Plantar sementinhas daqui pra colher aí sim, mas não só isso. Alguns padrões de comportamento estão me revisitando, numa retrospectiva pra ver se eu realmente aprendi. Até agora, estou bem. Comunicando-me livremente com Iaci, dizendo pros que tinham esperanças de que eu voltasse por Israel que isso não vai acontecer. Pra quem tinha dificuldade em fechar portas, até que me saí bem nessa última tarefa, sem protelação (ok, demorei uns 3 dias pra escrever o e-mail, mas pra quem demorava semanas, até meses pra dar uma notícia possivelmente não boa pra pessoas importantes na minha vida, até que 3 dias é uma melhora, né?).

A vida está boa, me dando sinais cada vez mais claros de que tudo está sempre exatamente onde e como deve estar e que os planos do Universo para cada um de nós são sempre visando o atingimento de nosso maior potencial. Só precisamos estar atentos e entender que tudo tem um ciclo, sem ansiedade. Vamos que dá! Já deu!

 

 

Esse post foi publicado em na saga e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para She´s got a ticket to ride

  1. Adelia Bergier disse:

    QUERIDA CAROL: QUE BOM QUE VOÇÊ ESTA CHEGANDO……….ESTOU CONTANDO OS
    DIAS……………….SAUDADES MUITAS…….BEIJOS…………ADELIA

  2. Sofia disse:

    Parabéns querida Carol! Você regressando a casa e eu partindo da minha!🙂 Pena que nao chegarei a cruzar você por ai😦 mas como você diz, tudo se passa exactamente do jeito que devia! basta acreditar nisso! Gratidao, Sofia

  3. denise disse:

    vou começar a arejar seu quarto, OBA. O que você quer almoçar quando chegar? beijos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s